O que é educação financeira e por que você precisa ter?  

Compartilhe com seus amigos:

O que é educação financeira e por que você precisa ter?  

Como é a sua relação com o dinheiro? Saber responder a essa pergunta envolve autoconhecimento e o entendimento que o uso dos recursos financeiros deve ser o mais estratégico possível. Para otimizar as suas práticas, vale a pena aprender o que é educação financeira.

Afinal, esse é um conceito essencial para quem deseja aproveitar o dinheiro com foco em obter conquistas e realizar sonhos. Para tanto, você terá que adotar medidas que ajudem a reconhecer e compreender melhor quais são as oportunidades existentes.

Neste artigo, você entenderá o que torna a educação financeira tão importante e como desenvolvê-la. Confira!

O que é educação financeira?

A forma de lidar com o dinheiro tem impactos diretos tanto no presente quanto no futuro. Já o modo como é estabelecida a relação com esses recursos depende da educação financeira. Ela consiste em um conjunto de conhecimentos, técnicas e estratégias que servem para orientar o uso do dinheiro.

Ao contrário do que muitos acham, esse conceito não envolve apenas saber economizar. A educação financeira envolve todos os aspectos que determinam como uma pessoa utiliza o seu dinheiro.

Por que a educação financeira é importante?

Sabendo que a educação financeira não se conecta somente à possibilidade de saber como poupar, é mais fácil compreender que ela também está relacionada a outros benefícios. Na sequência, você descobrirá como o conceito pode ser relevante.

Veja!

Estimula a saúde financeira

Saber como manter um bom relacionamento com o dinheiro é fundamental para aproveitá-lo da maneira adequada. Com conhecimento sobre ferramentas e estratégias é possível, por exemplo, fazer um planejamento financeiro otimizado.

Ao organizar as finanças, também existe a chance de zerar as dívidas atuais e evitar a criação de outras no futuro. Com a evolução e ampliação do seu conhecimento sobre o tema, a tendência é que seja cada vez mais fácil tomar decisões alinhadas com a manutenção da saúde financeira. 

Favorece a construção de patrimônio

Cuidar bem do seu dinheiro também envolve a capacidade de fazer mais com os recursos disponíveis. Então, sabendo o que é educação financeira e como aplicá-la, você pode começar a pensar em realizar investimentos, por exemplo.

Ao fazer seu dinheiro trabalhar para você é possível rentabilizar seus recursos e construir patrimônio. Isso não apenas favorece o planejamento financeiro ao oferecer segurança, como pode ajudá-lo a alcançar novos patamares na vida financeira.

Ajuda a realizar sonhos

Outro ponto importante está no fato de que um elevado nível de educação financeira pode auxiliá-lo a alcançar objetivos. Isso acontece, primeiramente, porque você tem a chance de construir patrimônio e reunir os recursos necessários para concretizar os planos.

Além disso, a educação financeira permite que você entenda a importância do planejamento e do preparo quanto ao uso do dinheiro. Todos esses pontos podem levá-lo a traçar um caminho mais claro a favor do sucesso financeiro.

Como ter mais educação financeira?

Já que a educação financeira é tão relevante, faz sentido buscar maneiras de desenvolvê-la. Com as dicas a seguir, você poderá elevar seu nível de inteligência financeira. Confira!

Consuma conteúdos sobre o assunto

Quanto mais você conhecer sobre o mundo das finanças e dos investimentos, maior é o desenvolvimento da sua educação financeira. Portanto, é fundamental buscar conteúdos de diversos tipos sobre o tema.

Com a internet, você pode conferir publicações (como essa), podcasts, vídeos e muito mais — inclusive gratuitamente. Desde temas simples até conteúdos avançados, não faltam alternativas para você aprender. É importante, no entanto, buscar fontes confiáveis.

Também é interessante buscar livros relacionados ao tema. Você pode começar com obras sobre comportamento financeiro e evoluir para obras sobre investimentos, por exemplo. Essa é uma forma de conhecer conceitos e ferramentas que podem ajudá-lo na jornada.

Faça cursos sobre finanças e investimentos

Se quiser aprofundar ainda mais seus conhecimentos, existe a chance de fazer cursos relacionados à área de finanças. Na maior parte dos casos, eles são livres para qualquer interessado — então, não exigem uma formação específica.

Pode ser o caso de buscar cursos completos de educadores financeiros ou cursos sobre temas específicos do seu interesse — como dicas para compor o orçamento ou para se livrar das dívidas. Há, inclusive, muitos cursos gratuitos no mercado.

Monte um planejamento financeiro

Pensar no futuro também é um passo importante para desenvolver a educação financeira. Por isso, vale a pena montar um planejamento financeiro familiar completo. Dessa forma, você pode prever como deve ser o uso do dinheiro e como garantir o melhor aproveitamento dos recursos.

Nesse sentido, é crucial estabelecer um controle financeiro, bem como metas e objetivos de economia e de acúmulo de recursos. 

Comece a investir seu dinheiro

Tão necessário quanto poupar seu dinheiro é fazê-lo render. Logo, para desenvolver a educação financeira, vale a pena realizar investimentos financeiros.

Para tanto, é necessário compreender o mercado, as classes de investimento (renda fixa e renda variável) e as respectivas oportunidades. A partir da alocação financeira, você terá oportunidades de obter rendimentos para compor o patrimônio.

Dessa forma, poderá aplicar continuamente os conhecimentos financeiros, o que o ajudará a ter uma estrutura completa quanto ao uso do dinheiro.

Quais erros comprometem o alcance da educação financeira?

Ao mesmo tempo em que existem boas práticas para desenvolver educação financeira, há erros que podem comprometer a sua evolução.

Um deles é a falta de organização. Se você não fizer uma avaliação aprofundada sobre a sua situação financeira, é mais difícil montar um planejamento. Como consequência, será mais complicado atingir os resultados esperados.

Outro erro envolve não definir metas, objetivos e ferramentas de controle. Um orçamento só será útil se ele realmente for utilizado. Portanto, é preciso ter visibilidade sobre o que se pretende alcançar.

Também é comum comprometer seu aprendizado graças à falta de continuidade da sua educação financeira. Muitas pessoas pensam que esse é um aprendizado pontual quando, na verdade, deve ocorrer de modo prolongado.

Dependendo das condições de mercado e do seu momento de vida, podem surgir novos desafios e outras oportunidades financeiras. Portanto, continuar se preparando ao longo do tempo permite atingir um nível mais alto de inteligência financeira.

Ao descobrir o que é educação financeira, você viu que ela é essencial para alcançar resultados melhores quanto ao uso do seu dinheiro. Com as práticas adequadas ao desenvolvimento desse conceito, você se tornará mais preparado para ter uma boa relação com seus recursos financeiros.

Como o conhecimento sobre o tema deve começar desde cedo, veja 5 dicas para iniciar a educação financeira para crianças e conte com a Investo nessa jornada!

Deixe um comentário aqui =D