Será que a poupança é um bom investimento?

Poupança_BLOG
Compartilhe com seus amigos:

Será que a poupança é um bom investimento?

Podemos dizer que a poupança é a aplicação de renda fixa mais simples e acessível que existe. Isto porque, basta abrir uma conta em um banco que te dê essa opção. Ela é utilizada por mais de 100 milhões de brasileiros, atualmente. Para muita gente, ela é simples, segura e prática, pois uma de suas principais características é a elevada liquidez. Ou seja, você consegue utilizar o dinheiro aplicado na poupança muito rapidamente para pagar qualquer conta ou fazer saques.

__

Rendimento

Você sabia que na época do Dom Pedro II a poupança já rendia 6% a.a? Então você deve estar pensando: 6% é ótimo para um dinheiro fácil de investir e resgatar. Mas não é bem assim.

Desde 2012, as regras para a rentabilidade da poupança foram alteradas. Isto porque, naquela época, a taxa Selic começou a cair abaixo do patamar dos 8%. Então, imagine se a Selic também chegasse nos 6%? Muitos investidores achariam melhor colocar o dinheiro na poupança do que comprar títulos públicos, fazendo com que o governo tivesse dificuldades em rolar sua dívida.

Então, as regras passaram a ser assim:

  • Quando a Selic está acima de 8,5% ao ano, a poupança renderá 0,5% ao mês somada com o rendimento da Taxa Referencial ou, simplesmente, TR;
  • Se a Selic cair abaixo de 8,5% ao ano, então a poupança irá render 70% da Selic mais a variação da TR.

Lembrando que a Taxa Referencial foi criada em 1991 no governo Collor, para ser um índice de correção monetária diante da elevada inflação da época. Hoje ela rende 0% (isso mesmo!) e tem menos importância, mas ainda influencia em algumas aplicações como o FGTS, títulos do tesouro direto e, claro, a poupança.

Então, quanto rende a poupança hoje? Bem, isso é fácil de calcular. Se a Selic está em 2% ao ano e a TR é 0. Logo, sabemos que seu dinheiro aplicado na poupança deverá render 1,4% ao ano. Para saber se isso ou bom é ruim, vale um comparativo.

__

Poupança versus outros investimentos de renda fixa

É preciso lembrar que a inflação de 2020 encerrou o ano na casa dos 4,5%. Isto significa que, se você deixou seu dinheiro na poupança ao longo do ano passado, acabou perdendo cerca de 3%. É uma conta aproximada, mas basta você calcular 1,4% menos 4,5%. E, segundo as principais previsões do mercado, a inflação em 2021 pode fechar próxima dos 4%. Então isso é algo que você deve levar em consideração na hora de investir seu dinheiro.

Assim sendo, na própria renda fixa você pode encontrar opções com melhor rendimento. No tesouro direto você encontra os títulos nomeados como “Tesouro IPCA” que te remuneram com juros, além de cobrirem o próprio índice de inflação. Você também pode buscar com seus corretores a opção de debêntures de empresas de alto nível, que pertençam a setores que podem crescer na economia (apesar da pandemia e dos horizontes um tanto incertos).

E tem mais: algumas análises de mercado apostam que a Selic pode chegar a um patamar próximo de 5% no fim de 2021. Isso por si só pode fazer com que os títulos públicos indexados à Selic fiquem mais atraentes, pois estes também são bem líquidos, seguros e rendem mais que a poupança. Por fim, sempre há a opção de fundos de investimentos ou dos ETFs de renda fixa, que te oferecem um pacotão de opções de uma vez só. Às vezes, mesclar vários ativos de renda fixa em um mesmo investimento pode ser uma boa também.

__

Custos e taxas da poupança

Pode-se dizer que uma das principais vantagens da poupança (além da alta liquidez) tem muito a ver com seu baixo custo de manutenção. Você não precisará pagar taxas de administração, manutenção ou de performance. Nada! A não ser sua própria tarifa bancária, mas esta é referente a todo o pacote de serviços de sua conta.

Além disso, é uma aplicação completamente isenta de imposto de renda. Então, qualquer rendimento que você tiver com ela é todo seu. Mas isso não impede de você ter que declarar anualmente seu saldo na declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física, desde que possua um valor maior que R$ 140,00. 

Algo muito importante é o aniversário da poupança. Ele ocorre a cada mês, a partir da data em que você iniciou seu investimento. Isso significa que se você tirar seu dinheiro antes não vai ver a cor do seu rendimento. Em outras aplicações de renda fixa, a rentabilidade ocorre todos os dias, o que é uma vantagem.

__

Vale a pena investir na poupança?

O fato dela ser muito prática, de custo nulo e oferecer grande liquidez são características positivas. Talvez seja importante para aquela reserva de emergência. Mas, não dá para comparar com outras opções de investimento. Então, procure se programar para fazer investimentos mais exitosos, de prazos variados e com diversificação de sua carteira. Você não vai se arrepender.

Mais posts para você

Marcações:

Deixe um comentário aqui =D